domingo, 28 de setembro de 2014

Uma cena Feliniana!

Antonio Nunes de Souza*

Devido comentários descabidos que, lamentavelmente, ouvimos e vemos no nosso dia-a-dia, como observador e imaginação fértil para dar toques e nuances hilárias, resolvi escrever esse texto onde retrato uma situação que está ocorrendo de uns anos para cá, com tendências a continuar e, certamente, será ampliada cada vez mais!
Estava em um supermercado dos mais chiques da cidade e ouvi, com alto e bom tom: - Stefanny Greicy pegue na mão de seu irmão Uoston Bruce que já vamos para a escola de ballet pegar sua irmã Pavillowa!
Olhei para a figura, uma afro descendente com roupas e trejeitos suburbanos que, empurrando um carro cheio de compras, em uma das mãos levava um celular dos mais modernos, juntamente com uma penca de chaves brilhantes que podia-se ver que era de um carro novo. Lógico que me deu vontade de rir por duas razões. Primeiro pela pompa e orgulho que ela falava com o ar de felicidade e outra por estar presenciando um fato completamente inusitado e jamais visto anteriormente, com as administrações públicas passadas, deixando-me cheio de alegrias por ver de perto como o povo está sendo prestigiado e tratado como gente. E, mesmo sendo uma cena rápida, quando olhei para o outro lado, pude ver dois casais de “riquinhos sociais”, que cochichavam meio alto: Você vê que neguinha pernóstica, tudo por culpa da Princesa Isabel! Caíram todos numa gargalhada deixando nos seus rostos o ódio e despeito por estarem no mesmo mercado misturados com os massacrados pobres do passado que, ainda por cima, usando os sofisticados nomes da moda, inclusive iguais aos dos seus intocáveis filhos!
Continuei a minha peregrinação pelas prateleiras selecionando minhas compras, matutando e rindo internamente com o ocorrido mas, por ironia do destino, quando me dirigi ao caixa, lá estava a suburbana emergente com sua sofisticada prole e, por uma casualidade divina, os casais de riquinhos estavam logo atrás na fila, com seus carros mais modestos que ao da criatura e, esbugalharam os olhos quando viram Carne Friboi, queijo, presunto e outras iguarias que eles tem pena de consumir, pois preferem juntar dinheiro para adquirir mais propriedades. E quase desmaiaram quando o mulher gritou para Uoston: Largue esse Ipode menino, quando chegar em casa você pega seu “notebook” e conversa com seus amiguinhos Ted e Frank!
Nesse momento, não pude conter uma forte gargalhada (olhando para o outro lado), quando vi a expressão de ódio e inveja que estampava nos rostos dois casais que, em represália, foram para outro caixa, deixando o rastro da sua condenação e revolta! Ainda tive tempo de ouvir o comentário mortal entre eles: Tudo isso é culpa do Lula e da Dilma. Esse povo era para estar em nossa cozinha! Ouvi com desdenho tal absurdo e o mais que pude fazer foi, mentalmente, chamá-los de “filhos da puta”!
Achei genial testemunhar essa melhoria de classe social do povo, tendo acesso as tecnologias, alimentos, escolas, etc., ainda sofrendo com a saúde, segurança e outras coisas básicas, porém não se pode resolver tudo magicamente. Somente Deus conseguiu fazer um mundo maravilhoso em sete dias, mas, se tivesse Ele uma série de políticos lhe cercando, certamente, até hoje estaria se batendo para acertar as coisas!
Terminando minha crônica, não posso deixar de imaginar como são tratados e chamados os filhos dessa senhora no condomínio popular e na escola:
Uoston= Ostinho – Stefanny - Faninha – Pavillowa = Pavinha.                                                   Genial tudo isso, que representa uma mudança radical no comportamento humanoem termos de equilíbrio social!

*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com



sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Desenvolvimento intestinal!

Antonio Nunes de Souza*

Pelo título pode parecer tratar-se de um artigo científico, mas, na realidade, embora esse órgão seja o principal assunto, se você for uma pessoa perspicaz perceberá que, por traz de todas as citações que são apenas figurativas e ilustrativas, contém verdades surpreendentes que estão acontecendo no mundo, graças aos homens e seus desenvolvimentos intestinais!
Vou me ater agora ao âmago do grave assunto, lembrando um adágio antigo e popularíssimo que, ainda hoje é usado pelos mais velhos, mesmo não tendo a força do passado que representava algo, próximo ao impossível: “Para conseguir isso, vai ter que cagar um quilo certo”! Isso, no caso, era o objetivo desejado pelo indivíduo. Essa citação popular enfatizava ao máximo a dificuldade de se conseguir os intentos. Entretanto, como os homens não medem esforços para alcançar e até ultrapassar seus desejos, ambições e projetos, esse pobre ditado, passou a ser “fichinha” no geral das suas ambiciosas pretensões. Nesse mundo de capitalismo ultra selvagem, os homens estão atropelando tudo e todos em busca de ampliação de riquezas que, qualquer bunda mole, está cagando para o mundo, diariamente, dois até três quilos de merda, sem nenhuma preocupação de estar causando uma podridão fétida e nojenta, atolando cada vez mais a própria terra em que vivem e que viverão seus descendentes. Pode parecer que estou exagerando no meu modesto artigo, mas, embora esteja citando uma verdade vista com clareza, cotidianamente, suponho que estou até sendo um tanto benevolente com esses cagões milionários que devem limpar suas criminosas bundas com notas de dólares e euros!
Esse é o retrato figurado de um acontecimento indigno, real e triste, que, em pouco tempo, atolará e saturará o mundo, transformando-o em um mar de fezes e, para salvar a humanidade, certamente, se Deus for bondoso, escolherá um homem para repetir a história, procurando uma solução que, desta feita, será: O PENICO DE NOÉ!
Vamos trabalhar uma tarefa dificílima que é educar essas pessoas, fazer com que reduzam suas explosões intestinais, utilize suas idéias pensando no presente e no futuro, pois, se assim continuar, não adiantará deixar montanhas de dinheiro, pois seus filhos e netos não vão poder desfrutar de Jet – esquis, lanchas ou iates, pois, na merda eles não flutuam! E, se por acaso, Deus resolver mandar o seu filho Jesus para examinar a situação, não ficará bem Ele ter que andar flutuando na merda, atolando as suas sandálias da humildade!


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com 

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

O Palácio do Planalto!

Antonio Nunes de Souza*

Com o crescimento fantástico que as igrejas Batistas, Evangélicas e outras ramificações dentro das mesmas vertentes e ideologias, somos bombardeados diariamente com cultos, discursos, pronunciamentos, depoimentos, milagres, condenações e perdões, além de mais outras coisas, sendo que tudo é, conforme podemos compreender, com finalidades de nos levar ao caminho do céu, para ficarmos ao bendito lado Divino. Logicamente, uma verdadeira maravilha que, tranquilamente, amplia, cotidianamente, milhares de adeptos e seguidores!
Diante disse, casualmente, durante a noite começou a passar um desses programas, onde o Pastor pregador elogiava sem economizar adjetivos, a candidata Maria Silva. Fiquei ouvindo e vendo e terminei dormindo com aquela falação na cabeça e, como um passe de mágica, comecei a sonhar que já tinha passado as eleições, Marina tinha ganhado e, a partir do dia primeiro de janeiro já estava sendo publicadas no Diário Oficial da União, uma série de determinações, atos, decretos, etc., com obrigatoriedades a rígida e categórica força da nova presidenta. Como todos nós sabemos da sua condição de seguidora fanatizada da sua religião, não seria de estranhar que ela procurasse usar dessa linha bendita para resolver os problemas graves existentes no nosso país. E, no meu sonho super estranho, assim mesmo consegui gravar alguns trechos das medidas, que vou enumerar abaixo:
O1 – A partir da data do decreto o Palácio do Planalto passara a ser chamado de PALÁCIO DOS MILAGRES!
02 – A Câmara Federal o REDUTO DOS PECADORES
03 - O Senado será o COVIL DE LÚCIFER!!
04 - Os Ministérios serão as TOCAS DOS VELHOS CAPETAS!
Assim sendo, haverá cultos religiosos diariamente, que serão denominados de: A Noite dos Peculatos – A Benção das Lavagens de Dinheiro – O Perdão para as Licitações absurdas – Dois dias para os aumentos de lucros dos pobres Bancos – Um dia inteiro para a venda de frasquinhos de óleo do pré-sal para educar e acalmar o pobre povo – Corais apresentando cânticos na Granja do Torto, que passará a ser; A Granja do Certo – Exorcismos de hora em hora para retirar Satanás do corpo de bandidos políticos que são presos, continuam roubando, são soltos e reeleitos – A semana da Paz celestial que será realizada no Maracanã, ocasião em que todos marginais, vão pedir perdão a sociedade, jurarem arrependimento e acabarem com os assaltos, roubos, venda de drogas, seqüestros, etc.!
Então mediante esse comportamento singular e novíssimo, logicamente passaremos a ter um país maravilhoso, tudo isso em nome de Jesus! Nessa hora, com o barulho da TV ainda ligada em um filme de guerra, acordei assustado, vi que tudo tinha sido um sonho, desliguei a Tv e rezei dez Padres Nossos e vinte Ave Marias, pedindo a Deus que Dilma ganhe e que esse terrível sonho nunca se realize! Pois, o que estamos precisando é de uma reação igual a de Jesus Cristo que com um chicote e coragem, expulsou os aproveitadores que estavam usando um lugar que pertencia ao povo para arrecadarem dinheiro. Vamos continuar com o difícil saneamento!!!
Será que Marina está pensando que vai administrar uma paróquia de religiosos cordeiros obedientes, ou sabe tranquilamente, que o buraco é mais embaixo? Felizmente, como disse Peninha, tudo foi um SONHO!

*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com


sábado, 13 de setembro de 2014

Não precisamos de uma marionete!

Antonio Nunes de Souza*

Em nenhuma hipótese minha intenção é de desmoralizar denegrindo a candidata Marina, pois, sabemos todos, que ela tem boas intenções, deixa transparecer uma imagem de pureza, muitas vezes até de inocência, achando que, governar e administrar um país como o nosso com dimensões continentais, riquezas invejadas e desejadas por todos os países do mundo, seja uma tarefa fácil, bastando para isso freqüentar as milagrosas igrejas batistas, pedir a Deus e, a pior parte, se proteger atrás de Neca Setubal (dona do Banco Itaú), o dono da Natura e uma série de banqueiros, industriais e todo poderio financeiro que, todos sabemos, seus interesses estão em primeiríssimos lugares e, como sempre fizeram, deixando que o povo se exploda com suas conhecidas lamentações!
Com essa explanação que fiz absolutamente nada exagerada, percebe-se tranquilamente que se trata de uma tarefa ultra difícil, chegando a raias do impossível, principalmente com o que falarei agora: Ter que apascentar os brutais e famintos lobos políticos sedentos por ministérios, diretorias, cargos nos mais diversos escalões, aprovações de projetos de seus interesses e dos amigos e familiares que, sem essas benesses, toda administração é travada na câmara e no senado. Imagino e peço a Deus que o povo já tenha raciocinado calmamente e, conscientemente, saibam votar nos mais sensatos, que podem dar continuidade a um governo que vem se destacando há doze anos e reconhecido pelos maiores e importantes chefes de Estados do mundo!
Não precisa ser um adivinho, mago ou um rei do tarô, para não ver que teremos uma presidenta frágil, facilmente dominada, debilitada pelas suas crenças, servindo até de deboche mundial, depois de o Brasil estar altamente vitalizado pelo governo Lula e Dilma! Com certeza ela renunciará ou, mais tristemente ainda, se oficializará como já está, sorrateiramente acontecendo, numa marionete tupiniquim!
Que o povo saiba reconhecer o governo que temos e, logicamente, vamos lutar para melhorar expurgando todos os ladrões e corruptos (de todos os partidos) para que os recursos dos projetos não desapareçam nos caminhos e sejam engolidas as verbas restantes, chegando ao povo apenas as migalhas!
Vamos votar com a consciência e bom senso e não levados por comoções em função de desastres aéreos!


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras  de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

O futuro me assusta!

Antonio Nunes de Souza*

Todas as vezes que não sigo os conselhos do meu avô, sempre entro pelo cano! Ele vive dizendo: ”Quem come a noite feijoada, tem sonhos ruins na madrugada!”
E eu, com a teimosia de menino (ele diz que ainda sou), vacilei e bati uma feijoada de mocotó no anal da madruga, e fui puxar um merecido ronco depois de ver um documentário em um canal especial da TV, dedicado, literalmente, as mulheres e seus avanços no mundo moderno e globalizado. E aí, depois de já estar tranqüilo nos braços de Morfeu, me aparece uma cientista russa chamada Pavilowa Sakanowisk (só podia ter esse nome mesmo) e começou a fazer uma explanação minuciosa sobre uma experiência que estava elaborando num laboratório americano e, para a felicidade e alegria das mulheres, já estava na fase final com grandes êxitos em ratos e macacos.
Lógico que aguçou minha curiosidade imediatamente! Tudo que se relaciona as mulheres me empolga bastante e sou um grande incentivador desses seres maravilhosos. Por impulso, levantei o dedo pedindo que ela detalhasse com palavras que os leigos pudessem entender sem maiores dificuldades. Ela, gentilmente, assentiu e começou a falar, assistida por um computador, que projetava na tela fotos comprobatórias e gráficos:
-Esse nosso projeto foi batizado de “Papai/Mamãe”, numa homenagem a uma posição sexual usada no passado, extinta por desuso há mais de vinte anos e, como se trata de uma igualdade de condições (masculino-feminina), sendo também estudos e pesquisas com resultados reprodutivos, optamos em homenagear as partes envolvidas. -Nós abandonamos as “células troco”, pois já estão sendo aproveitadas em centenas de curas e, depois de uma cuidadosa pesquisa com “células membro” extraídas da região peniana, encontramos o DNA da sua formação que, aplicada na parte clitorial feminina, ampliam os seus poderes de portadores de fecundação, expelindo óvulos (ovutozóides) perfeitos e apropriados para a germinação quando encontram condições adequadas para seus desenvolvimentos. Essa é a parte científica que, já comprovada, coloca a mulher como capaz de provocar uma transferência para a gravidez, sem a necessidade do seu corpo, colocando o homem como o receptor e gerador da futura criança.
Nessa altura todos do auditório estavam pasmos com o que acabávamos de ouvir e eu, mais agoniado voltei a perguntar: Como o homem poderá ser gerador do embrião, se não tem útero?
-Esse foi o nosso maior trabalho anos seguidos, porém encontramos os caminhos desejados, aproveitando alguns espaços no corpo masculino, já que não justificaria fazer transplantes coletivos de úteros para tal fim, que tiraria a praticidade da operação. Tivemos que utilizar moléculas da região uterina, fazer algumas modificações laboratoriais e aplicamos no saco escrotal por ser flexível, elástico e já está habituado a guardar ovos, provocando uma reação química e física, transformando-o em um perfeito ambiente para uma gestação tranqüila e sem problemas.
As mulheres da platéia aplaudiam de pé, enquanto os homens, de bocas abertas, se borravam de medo!
Já P da vida, perguntei com veemência: Doutora Sakanowisk nós homens vamos passar a engravidar e ter que passar nove meses com o saco crescendo? E como vamos trabalhar?
-Realmente vocês terão que ficar deitados durante a gravidez e, cada mulher que engravidar um homem (marido ou não) terá a responsabilidade da sua manutenção durante todo período e mais dois meses de pós-parto.
-Aí caiu a ficha e imaginei logo como será o parto. Se for pela bunda estaremos fritos. Além de doer muito, ainda será uma posição deplorável e ridícula! E para a criança também, pois ficará traumatizada por toda vida, imaginando que não nasceu, foi, simplesmente, cagada!
Como se estivesse lendo meus pensamentos, ela disse: O parto será sempre escrotário (relativo ao cesariano), pois será mais tranqüilo para o novo papai/mamãe!
-Me imaginei grávido e terminei acordando molhado de suor e uma dor no saco terrível pela grande vontade de fazer xixi!
Que pesadelo meu Deus. Que não aconteça isso nunca!


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26#hotmail.com

Ficção - O Terror Hidrográfico!

Antonio Nunes de Souza*

Ao ligar meu receptor da TV mundial e universal, já que somente temos uma única estação de transmissão via satélite, com tradução simultânea para todos os idiomas e dialetos terrestres, pude ver em quarta dimensão, uma notícia que, pela sua repetição, vinha assombrando todos os países, sem que a polícia internacional tivesse condições de amenizar esse tipo de prática criminosa. Estou referindo-me aos roubos arquitetados por quadrilhas internacionais das mais altas periculosidades, especialistas em roubos de cargas de água potável!
Estamos no ano de 2051, mas, desde os anos de 2035 que já acontecia fatos que davam para se prever que, dentro em breve, isso se tornaria uma rotina, deixando em perigo a população, pois, nessa época, os marginais já assaltavam os meninos que iam para as escolas tomando suas doses de um copo de água para sanarem as suas sedes diárias. Diga-se de passagem, que essa modesta dose, era ofertada pelo governo, já que a água que, eventualmente, corria nas torneiras, não tinha mais condições de serem recuperadas em função da alta poluição de mercúrio, coniformes fecais e outras sujeiras provocadas pelos comportamentos dos homens em nome do grande (?) progresso.
Naquele momento aparecia ao vivo uma quadrilha de andróides fabricados para esse fim, utilizando metralhadoras a laser e, a sua direita, outro caminhão tanque com uma mangueira fina e eficaz, que sugava toda água para seu recipiente, enquanto a polícia responsável pela fiscalização da distribuição na cidade tentava combater esse terrorismo urbano. E, essa modesta, mas, preciosa carga, estava acabando de chegar de um aproveitamento de um restante de geleiras do pólo norte, custando uma fortuna aos cofres públicos em termos de valores de importação.
Fiquei bastante triste e estarrecido, fui tomar o meu banho genérico no chuveiro de raios ultra limpex e, recordando meu tempo de criança, lembrei-me dos maravilhosos banhos que tomava no meu querido rio cachoeira, hoje, como a grande maioria do mundo, não mais existe!


]*Escritor –Membro da Academia Grapiúna de Letras –                   antoniodaagral26@hotmail.com

sábado, 6 de setembro de 2014

Pare de ser manipulado!

Antonio Nunes de Souza*

Depois que começou o famigerado e útil “horário eleitoral”, principalmente nas televisões, mesmo sendo chato e desagradável, descobri que, vale a pena assisti-lo com atenção, ouvir e analisar as expressões faciais, palavras, conteúdos e, cuidadosamente, verificar até quanto existem verdades nos falatórios expostos sem nenhum critério de veracidade, que seja realizável durante suas desejadas gestões administrativas, legislativas, etc.
Se você tiver o cuidado de ouvir as tradicionais promessas feitas pelos novos, antigos e presentes que querem reeleições, sem que tenham ditos porque que foram eleitos, passando apenas como sugadores públicos, vamos chegar a conclusões tão idiotas quanto deslumbrantes. Pois, na conclusão paradoxal, teremos uma confissão de inoperância e, ao mesmo tempo, uma torrente de acusações idiotas querendo dizer que, com sua volta ou sua entrada, tudo vai ser diferente. Uma incoerência tanto mentirosa como também recheada de falsidades!
Os que outrora ocuparam cargos expressivos, inclusive governamentais, falam com uma simplicidade absurda que falta educação, segurança, saúde, estradas, empregos, moradias, creches e, praticamente, tudo que o povo precisa no seu cotidiano. Pergunto eu: Por que eles não fizeram nada disso quando estavam nos poderes? Por que razões querem cobrar que tudo está errado, quando o povo, mesmo distraidamente, sente na pele e no corpo grandes melhoras? Será que o povo vai se deixar levar por esses sagazes políticos que apenas almejam o poder político, não realizando nada e, quando muito, algumas pequenas obras de enganações nos seus municípios de origem?
Se formos acreditar nas promessas feitas e nas suas realizações futuras, que são ditas com bastantes veemências, não precisaria escolher quem quer que seja, pois, todos eles estão dispostos e se dizem competentes para colocar o nosso país como o melhor do mundo, dando inveja até a S. Pedro que é o guardião do paraíso divino! Bastava fazer um sorteio e votar em qualquer um que os resultados do futuro já estão mais que conhecidos.
Espero que o povo despreze essa manipulação velha e desgastada e vote naqueles que estão apresentando bons resultados para todos os brasileiros, tornando nosso país uma potencia mundial reconhecida, uma Bahia com perspectivas de grandes obras já realizadas, em andamentos e outras projetadas para um futuro bem próximo, continuando uma governabilidade promissora. O que não deve é jamais votar no retrocesso, entregar nosso Estado para aqueles que nada provaram de competentes, mostrando que é de fácil manipulação e deixando de proteger a nossa Bahia e o nosso Brasil.
Mostre nas urnas que você faz parte da política brasileira, sua opinião tem validade e que reconhece quem tem capacidade de representá-lo dignamente, trabalhando pelo povo, com o povo e para o povo!!!
Tenha cuidado com essas inovações apresentadas de última hora, como se a solução fosse, pois, se tudo der errado como se espera em função da inexperiência e fragilidade, teremos que lamentar, profundamente, quatro anos de sofrimentos e arrependimentos. Não faça aventuras que você não é “Tarzan”!


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com  

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

As consequências do desastre!

Antonio Nunes de Souza*

Não sou dono de verdades, nem adepto na arte da quiromancia. Sou, como todas as pessoas, mais um analista das situações que, sem querer impor minhas palavras e pensamentos, expresso ambos para que os analistas mais graduados e estudiosos critiquem ou pensem sobre minha maneira de ver as coisas, prevendo resultados que mudam ou tentam mudar os rumos da história!
Com a lamentável morte do candidato pernambucano e todos os passageiros do avião sinistrado, todos os políticos e partidos demonstraram uma dor, em alguns casos até dramática. Sendo alguns pelos sentimentos humanos e outros pelos resultados políticos que, como estamos vendo, passariam a aflorar no cenário brasileiro. Pois, para derrubar Dilma, muitos não se incomodariam em até derrubar um esquadrão de aeronaves. Mas, nesse momento, crêem eles que, com apenas esse jatinho, as coisas melhoraram consideravelmente. Parece que estou sendo um carrasco cruel no julgamento, mas, para muitos, apenas estou sendo frio, verdadeiro e espelhando o retrato fiel do esquema vigente em todas as camadas: “Rei morto, Rei posto”! E, se não tem um rei de plantão, vai uma rainha mesmo, contanto que sirva de figura de salvação, características de santinha pura e inocente, cheia de boas intenções e boas vontades (o inferno está cheio de pessoas com esses predicados). Não quero dizer que essa pessoa seja uma delas, porém, para aqueles já considerados derrotados em função do excelente governo de Dilma, com resultados vistos a olhos nus e reconhecidos pelo mundo a fora, somente um fato inesperado dessa ordem, poderia se tentar uma guinada de 360 graus (?) nos já consagrados resultados. Entretanto, fazendo-se uma síntese rápida e clara, poderemos ilustrar essa crônica/artigo da seguinte forma:
A política brasileira é regida por quem tem maiores poderes, riquezas, carismas, características populistas, herdeiros públicos de avôs, pais, tios, etc., em fim, um grupo de privilegiados que comandam os resultados, as leis, usando o alicerce eleitoral do pobre povo que, sempre enganado, fica a espera de melhoras. E, para dar sustentação a essa situação, sempre se apegam aos que tem prestígios com a verdadeira massa humana de eleitores, dão suas colaborações, apoios e verbas, sempre em troca de cargos expressivos e decisórios em Brasília e nos Estados. E, tristemente, todos aceitam e o esquema continua funcionando adequadamente como se tudo fosse uma normalidade. No caso do desastre, que ainda estamos usufruindo da comoção da perda, Esses abutres PHD em aproveitamentos de fatos inesperados que bolem com o sentimento do povo, colocaram em cena a figura de Marina, como se essa fosse a verdadeira salvadora da pátria, que fazendo a vontade divina, deverá ser a nova presidenta brasileira. Imagine vocês e basta um olhar aguçado pára perceber a fragilidade de Marina para enfrentar as vontades e determinações dessas raposas e lobos famintos pelo poder. Já estou vendo Brasília ser atacada por matilhas ferozes e, como cão de guarda no palácio, um modesto Poodle, tosquiado que, apenas com seus fracos latidos, nada poderá fazer. Não fosse um desastre, seria até hilário ver tal situação!
O que precisamos é como já aconteceu no governo Lula. Ter um homem que tenha coragem, peito, tradição de enfrentar golpes militares, prisões, deportações e brutais castigos, tudo em nome de um povo e a democracia do país. E, no momento, dar continuidade ao governo Dilma que, com super coragem, enfrentou todas as adversidades, lutou enfrentado as piores feras na implantação do golpe militar, sofreu humilhações, mas terminou saindo vitoriosa nos braços do povo!
Que não tomem como falta de respeito, pois apenas quero enfatizar falando como o brasileiro fala no seu dia-a-dia: “Lula tem três bolas no saco e Dilma, com certeza, tem dois ovários!!! “
O que na verdade precisamos é de sanear cada vez mais, eliminando os corruptos e bandidos existentes nos governos do país, sejam de que partidos forem, pois lugar de corruptos é na cadeia!


*Escritor - Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

O pobre pastor peidou!

Antonio Nunes de Souza*

Da maneira que a Globo, através do carrasco Bonner, faz as entrevistas, com os candidatos a presidência do Brasil, não seria novidade alguém se cagar todo ou toda, somente em função de não poder mandar o casal de repórteres para merda e solicitarem que eles deem a oportunidade para os candidatos responderem em paz e até o fim das explicações  sobre o fato!
No caso vexatório, nosso querido pastor político/religioso lembrou-se da máxima popular bastante usada (quem tem cu tem medo) e, sem cerimônia, mandou bala peidando para milhões de telespectadores, demonstrando assim que, mesmo sendo um homem santificado, não consegue controlar o furico na hora do perigo! Na “Plim Plim, fez PUM Pum!
Imagino eu que, à surdina dos controles anais, muitos peidos foram ao ar durante todas as entrevistas, apenas os políticos mais experientes sabem disfarçar com categoria a saída dos gases fétidos. Suponho até que os mais sagazes usam na saída (ou entrada. Quem sabe?), uma cápsula de “cheirinho Iguatemi” para não dar pistas com o odor nada agradável dos puns!
Esses fatos são divertidos e são as pequenas vinganças do sofrido povo que, durante todos os anos, recebe “merdas” de muitos administradores corruptos e exploradores dos brasileiros.
Adorei o ocorrido, parabenizo o Pastor, pois, parafraseando Getúlio Vargas, “seu peido saiu da bunda para entrar para a história!”

*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com



quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Reconheçam a competência!

Antonio Nunes de Souza*

Creio que não é pedir muito, solicitar que você passe um filme em sua cabeça e reveja os grandes esforços e dedicação do nosso deputado Geraldo Simões que, em suas diversas gestões, quer seja de prefeito, deputado estadual e federal, sempre esteve presente em nossa cidade e região, procurando atender as necessidades do povo, trazendo projetos de melhorias, acompanhando obra em andamentos e, muito mais importante que isso tudo, sempre atendendo a todos que lhe procuram, tentando ajudar em todas as necessidades, não só as básicas como as mais essenciais!
Estamos com um rosário de obras importantíssimas para o engrandecimento da região, estado e país (ferrovia, aeroporto internacional, ampliação e construção de novos portos marítimos, duplicações de rodovias, ponte Ilhéus/Pontal, sem contar o avanço fantástico na agricultura familiar em toda Bahia, desenvolvido na sua gestão de secretário da agricultura.
Quero deixar claro que esse reconhecimento que faço, gratuitamente, é para mostrar que devemos ser parceiros daqueles que são realmente itabunense, continuam morando em nossa cidade, não aparecendo somente nas eleições para usar dos “Judas” vendedores de votos, pagando com sacos de moedas ou dando cargos para incompetentes administrarem (?). Esses vermes são mais execráveis que os políticos corruptos! Nós temos é que votar em nossos candidatos, ligados a região e que sempre estão se apresentando nas nossas horas precisas!
Chega de alimentar os políticos aventureiros, catadores e compradores de votos, chamar atenção daqueles que apóiam esse esquema fétido, mostrando uma realidade que, somente mudando esse estilo, poderemos ter grandes melhorias em nossos municípios.
Vamos prestigiar o Partido dos Trabalhadores, pois, com clareza e evidência, estamos vivendo num país melhor, fato que, há muitas décadas, nunca tivemos essa satisfação!
Se existem erros no geral? Claro que sim! Mas, como se vê, diariamente, a polícia federal, ministério público, procuradores e a lei em geral, estão agindo veementemente, expurgando essas ervas daninhas que se aproveitam ou se aproveitaram das facilidades, atuando criminosamente! Isto é o que devemos fazer, ajudando em denúncias e não votando errado para que tenhamos um saneamento na política e administração brasileira!
Estamos com Rui para governador, Geraldo para deputado federal e Dilma para nossa respeitável presidenta. Pois, com esse trio no poder, teremos uma Bahia forte e com a prosperidade que merecemos!


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com

domingo, 24 de agosto de 2014

Você é cego, surdo ou conveniente?

Antonio Nunes de Souza*

Pode parecer que estou fazendo um julgamento grosseiro, mas, a verdade é que em função de ouvir determinadas conversas e comentários vazios e impensados, até de pessoas de boas formações, sinto-me obrigado a chamar a atenção desses mal informados ou radicais opositores, que leiam mais, prestam atenção aos comentários que não são partidários, sem tendenciosidades e de importâncias altamente reconhecidas, para assim reconheceram as verdades claras e concretas com relação ao governo do partido dos trabalhadores!
Aceitaria até que falassem que estamos com uma administração boa, aproximando-se da ótima e excelente, mesmo tendo que atravessar crises mundiais, principalmente financeiras, aliadas as violências urbanas e de guerras que, lamentavelmente, atingem e refletem em todos os países, porém, não podemos condenar. Entretanto, como queremos voltar ao poder, prometemos que vamos tentar melhorar o que está sendo feito pelos atuais dirigentes!
Seria mais sensato, menos mentirosos, expondo a grande verdade dos seus gananciosos intentos, sem pensar primeiramente no Brasil e seu povo. Talvez até, falando com franqueza e a pura verdade, o sempre enganado eleitor, se comovesse e votassem contra o que eles sentem na pele e no corpo as grandes melhorias que têm acontecido nos últimos doze anos!
Será que, depois do nosso reconhecimento super claro e evidente dos chefes de Estados mundiais (Estados Unidos, França, Inglaterra, Itália, Alemanha, Japão, Espanha e tantos outros, como os da America Latina), todos elogiando nosso país com uma respeitabilidade jamais conseguida por nós, surgir uma corrente opositora, fanática e pretensiosa, querendo vencer eleições calcando-se em inverdades?
Que o povo reconheça as melhorias acontecidas e votem com aqueles que, mesmo estando lá encima no poder, estão ao seu lado.  Não se deixem levar por promessas que vocês não são Santos!
Basta de serem cegos, surdos ou convenientes, sejam apenas BRASILEIROS!!!

*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com
  


quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Ouvidos ou penicos?

Antonio Nunes de Souza*

Com tristeza singular, temos que fazer essa transformação física e mental, para que possamos aguentar a zoada infernal de centenas de decibéis instalados em carros que, desrespeitosamente, tentam nos ensurdecer pelos barulhos e nos enlouquecer pelas “merdas” transmitidas. Parecem que estão tratando com idiotas, pois, sem nenhuma cerimônia, repetem as velhas e desgastadas promessas que vão colocar as cidades, estado ou o país, verdadeiros paraísos terrestres, solucionando todos os problemas existentes e, logicamente, melhorar as coisas que estão funcionando com normalidade!
O mais curioso é que, tais promessas são repetidas com veemências, principalmente por aqueles que já passaram pelos poderes e nada fizeram, deixaram seus rastros de incompetências, desrespeito ao povo, grandes enganadores e, como era no passado, voltar como grandes heróis salvadores da pátria!
Será que o povo ainda acredita nessa técnica desgastada e mentirosa, para ter a tola idéia de votar nesses políticos aproveitadores profissionais, que sempre levaram suas vantagens usando da boa fé e esperança dos eleitores? Sinceramente que duvido muito, pois, de tanto apanharem seguidamente, embora seus ouvidos estejam recebendo “merdas” como se fossem penicos, suas mentes estão muito mais claras para perceberem quais são os que realmente estão melhorando, tentando melhorar ainda e mostrando para o mundo que hoje temos um Brasil superior e respeitável, oferecendo maiores e melhores condições e oportunidades ao seu necessitado e merecido povo!
Claro e lógico que podemos, com muito critério, pinçar uns poucos que merecem as nossas atenções (antigos, novos e atuantes), mas, todo cuidado é pouco para que nessas escolhas, não pequemos com distrações ou enganos, dando chances as velhas raposas!
Continuem dando seus passeios nas ruas das cidades, desfrutem da invernal barulheira e, sem alternativas, ouçam as propagandas e promessas dos santificados (?) candidatos, porém, tenham o maior cuidado na hora de darem os seus sagrados votos!
Jamais esqueçam que ”competência se mede pelos resultados” e, os que são melhores, pode procurar e ver, facilmente, muitos resultados obtidos, concretos ou em andamentos!


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com