domingo, 20 de julho de 2014

Uma realidade lamentável!

Antonio Nunes de Souza*

Para muitos, podemos parecer sádicos, críticos infames ou desmancha prazer, fazendo declarações reais, pois, todos preferem esconder essa realidade cada vez mais crescente e real! Refiro-me aos eventos religiosos (missas, procissões, cursilhos, etc.) que, na sua maioria, seus seguidores são pessoas idosas, enfermas, pobres ou alguns poucos ricos a fim de conseguir perdões pelos pecados cometidos. Nota-se perfeitamente que seus desgastes físicos, a proximidade da morte e a procura de melhoras são, na verdade, a razão principal de termos a oportunidade de ver determinadas pessoas acompanhando com idas constantes aos templos sagrados. Uma verdadeira busca de perdões, curas e, quem sabe, uma guinada financeira misteriosa de mais de 360 graus!
As igrejas hoje estão apelando para musicalidades, colocando centenas de padres, pastores, freiras, rabinos, pai de Santos, etc., como cantores de músicas com letras religiosas, porém com ritmos dançantes da moda, no sentido de angariar a juventude, trazendo uma camada de novos seguidores para suas diversas seitas. Para nós, isso é uma lamentável realidade, que somente os cegos não percebem, ou fazem que não percebem, para não quebrar o novo encanto de apascentar ovelhas! Se nós, pobres humanos, pessoas simples, percebemos esse interesse, imagine vocês o que diz de tudo isso a Divindade Celestial? Será que só nos procuram quando estão na pior?
Vamos mudar esse comportamento de somente se lembrar da existência de Deus em nossas vidas, quando estamos debilitados, necessitando de ajudas, talvez aquelas ajudas que negamos a outros quando poderíamos servir!
Nada melhor que repassar para os jovens essa mensagem, mostrando que devem encarar com seriedade a obrigação, devoção e, depois, os prazeres!


*Escritor Membro da Academia Grapiúna de Letras de Itabuna – antoniodaagral26@hotmail.com

Nenhum comentário: