quinta-feira, 18 de julho de 2013

O uso da Internet!

                              Antonio Nunes de Souza*

Nada mais genial poderia ter aparecido que atingisse de mão cheia o povo em geral que a sensacional virtualidade da Net que, com apenas alguns toques, você é capaz de tomar conhecimentos de todas as maravilhas do mundo, estudar com detalhes qualquer assunto, inclusive em diversas línguas sem, praticamente, pagar absolutamente nada!
Infelizmente, como contamos com uma grande gama de maníacos pelo mundo a fora, muitos desses inteligentes idiotas, se preocupam em criar vírus destrutivos e, absurdamente, espalhar por todos os usuários de PC, contaminando as redes, causando em alguns casos prejuízos incalculáveis. Não conseguimos entender esses comportamentos animalescos e desumanos de em vez de usar suas capacidades nos equipamentos para favorecer os outros e, conseqüentemente, ser muito bem remunerados, preferem a satisfação idiota e maquiavélica de ver os desesperos e estragos causados em diversos setores, quer sejam comerciais, industriais, financeiros, domésticos, etc.. Sendo o pior de tudo que não existe uma legislação criminal efetiva e eficiente com relação a esse crime, fazendo com que os estímulos de continuidades sejam cada vez maiores entre os criminosos que, grosseiramente, ficam disputando entre eles quem consegue criar um vírus mais prejudicial!
Como vivemos num mundo cheio de erros humanos, o império capitalista, comandando as massas, não seria uma idéia mirabolante, se imaginarmos que esse comportamento insano, seja encomendado por fábricas de antivírus, para que possam fazer suas vendas com limites insuperáveis.
É uma lástima não se confiar nos homens, porém, a raça humana tem se comportado com tanto egoísmo e colocado o “ter acima do ser”, que, por mais que queiramos, essas dúvidas estarão em nossas mentes. Um grande exemplo sobre essa mecânica industrial é a dos fabricantes bélicos que, criminosamente, estimulam as guerras e guerrilhas para poder vendar seus armamentos. E olhe lá se também não fazem a mesma coisa com os traficantes, criminosos, assaltantes, terroristas, etc., fatia essa bastante consumidora de armas e munições.
Voltando a Net, ainda podemos citar uma série de outras vantagens e praticidades no seu uso e, a cada dia, mais informações são agregadas, complementando nossas necessidades diárias. E, para a classe estudantil, com certeza tem sido uma mão na roda nas suas pesquisas, esclarecimentos e diversões!
Queiramos ou não, a internet é cultura e veio substituir a velha revista americana “Seleções Reader’s Digest” que, nas décadas de cinqüenta até setenta, era o tesouro de informações dos jovens e adultos.


*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras –          antoniodaagral26@hotmail.com

Nenhum comentário: